Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

[Curiosidade] Lina Medina, a mais jovem mãe do mundo!

A mais jovem mãe confirmada na história da medicina teria engravidado por volta de seus quatro anos e oito meses


Lina Medina nasceu em 27 de setembro de 1933 em Antacancha, Peru. Ela sofria de um disturbio hormonal e teve a primeira menstruação aos 8 meses de vida. Seu pai, Tiburcio Medina, notou que Lina - uma de seus nove filhos - estava com um grande inchaço abdominal e, ante às crendices de seus vizinhos, que diziam que tinha uma cobra maligna dentro e culpavam a Apu, o espírito dos Andes, levou-a aos curandeiros da aldeia. Estes disseram que se tratava de um tumor e o aconselharam a levá-la até Pisco, a cidade mais próxima.


Certo de que a pequena Lina Medina tinha um tumor abdominal, o médico Gerardo Lozada a examinou e ficou espantado quando descobriu que ela estava grávida de oito meses! Dr. Geraldo atendeu-a e levou-a para Lima, a capital, onde outros especialistas diagnosticaram que Lina estava realmente grávida.
Um mês e meio depois, em 14 de maio de 1939, ela deu à luz a um menino através de cesárea.

Seu filho nasceu com 2,7 kg e recebeu o nome Geraldo, em homenagem ao seu médico. O menino foi criado acreditando que Lina seria sua irmã, mas descobriu a verdade quando tinha dez anos de idade. Ele cresceu saudável, mas morreu em 1979 aos 40 anos de uma doença óssea.


Não se sabe quem foi o pai do menino, ela nunca falou. O pai de Lina, Tiburcio, esteve preso vários dias como suspeito da violação. Quando foi liberado, as suspeitas recaíram sobre um dos irmãos de Lina que é "excepcional". No Peru a crendice popular espalhou que Lina era uma espécie de Virgem Maria, que tinha concebido sem pecado original, por obra e graça do Espírito Santo e ainda hoje o povo de Antacancha crê que Gerardo era filho do deus Sol.

Aos 33 anos, Lina se casou com Raúl Jurado, e aos 39 anos (em 1972) teve outro filho, que emigrou para o México. Hoje vive em um bairro pobre em Lima conhecido como Chicago Chico (Pequena Chicago). 

Fontes:  Mdig e Wikipédia 

 

9 comentários:

Tegani disse...

Já tinha visto essa imagem , mas nunca tinha lido a história toda. São coisas inacreditáveis né ? Mas acho exagero levar pro lado religioso.


http://otempoeseusmomentos.blogspot.com/

Alexandre Lucas disse...

Não vejo a hora do governo do bêbado acabar (conversa paralela nossa).

Rudá! disse...

Que estranho o.O
fica a dúvida de quem a violentou né?

L. Caroline disse...

Isso mostras que as criancinhas nao sao safadas des dos tempos atuasi apoksokasokaok Brincadeira :DD Interessa esse historia e misteriosa tbm. mas fico mais com a hipoteses do irmao ter feito algo com ela. Beeijos e to seguindo.

Lincoln A. Gomes disse...

muito estranho, mas relamente inacreditavel é como ela n sofreu nada...

Leó disse...

Estou montando uma comunidade nova para divulgar o maior número
possivel de blogueiros no orkut, estou te convidando:
se tiver interesse divulgue seu blog lá também e Aumente Suas Visitas:

Blogosfera - Brasil - (Nova comunidade de blogueiros)
Divulgue seu blog lá!

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97889392

Lina disse...

Muito bizarro e chocante isso..
Que horror... Pobre Lina...



gritosquenaodei.blogspot.com

Nadia Anderson disse...

Que matéria chocante!
Eu nunca soube disso, adorei o conteúdo. Estão de parabéns!
Este blog realmente arrasa!

Thaís Winck disse...

nossa
coitada...
fica o misterio de quem á violentou :S

Postar um comentário